Já existe tatuagens sonoras

Uma voz alegre soa através do celular de Ana Tejero. É sua mãe, de 80 anos, cantando Madrecita del alma querida, a canção que Ana e sua irmã Virgínia terão gravado em sua pele para sempre .
“Vamos fazer uma tatuagem sonora da nossa mãe cantando”, explica Ana animada que foi ao estúdio El Salado (Madri) para traçar em seus braços um dos mais inovadores inventos. É uma forma de onda gravada na pele que pode ser lida e reproduzida por um aplicativo móvel – como se fosse um QR code.
“Uma tatuagem com som é um desenho que pode armazenar áudio Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!