Cientistas descobrem que tem um buraco negro girando tão rápido que poderia fazer espaço girar

Uma equipe de astrônomos da Organização de Pesquisas Espaciais da Índia (ISRO) e do Observatório de raios-X Chandra da NASA confirmou a descoberta de um buraco negro que gira muito perto do limite estabelecido pela teoria da relatividade de Albert Einstein, ou seja ele gira quase à velocidade da luz.
Hoje em dia, cientistas contam somente com duas maneiras de medir buracos negros: pela massa ou pela taxa de rotação. A taxa de rotação pode ser qualquer valor entre 0 e 1. O buraco negro encontrado está girando a 0,9. Ou seja, quase perto do limite.
Um dos autores da pesquisa, Rodrigo Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!